- A criação do Blog de Parasitologia tem como objetivo trazer maiores informações e apoio aos estudantes de Parasitologia da UFPE -

(Informo que os conceitos, recomendações, referências, imagens e características publicadas nesta página representam opiniões pessoais do Monitor Romério Alencar, e podem não corresponder completamente ao pensamento coletivo do Departamento de Parasitologia e dos professores da disciplina.)

terça-feira, 15 de março de 2011

Giardia lamblia e Entamoebas

Espécie: Giardia lamblia
Forma evolutiva: Cisto

Características:
▪ Ovóide ou elipsóide;
▪ 2-4 núcleos;
▪ 2 axonemas;
▪ 2 corpos parabasais;
▪ Ausência de flagelos.
.





Espécie: Giardia lamblia
Forma evolutiva: Trofozoíto

Características:
▪ Possui 4 pares de flagelos;
▪ Axonemas, disco adesivo, 2 núcleos;
▪ Piriforme (formato de pêra);
▪ Corpos parabasais.
.





Espécie: Entamoeba histolytica / Entamoeba dispar
Forma evolutiva: Cisto

Características:
▪ 1 a 4 núcleos
(menor que o da E. coli);
▪ Membrana cística;
▪ Corpos cromatóides em forma de bastão.
.





Espécie: Entamoeba histolytica / Entamoeba dispar
Forma evolutiva: Trofozoíto

Características:
▪ Presença de endoplasma e
ectoplasma;
▪ Pleomórfico;
▪ Forma pseudópodes;
▪ Único núcleo com cromatina
delicada e cariossoma central;
▪ Vacúolos de glicogênio no citoplasma;




.
Espécie: Entamoeba coli
Forma evolutiva: Cisto

Características:
▪ 5 a 8 núcleos
(maior que E. dispar);
▪ Membrana cística;
▪ Corpos cromatóides em forma de agulha.

Comparação entre cisto
de E. coli(à esquerda) e E. histolytica/E. dispar (à direita)
mostrando a diferença de tamanho.

2 comentários:

  1. Muito bom o material disponibilizado. Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. muito bom o blog
    a turma de biológicas da UFPE-CAV agradeçe
    parabens

    ResponderExcluir